Conferência da Assistência Social discute “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”


Conferência da Assistência Social discute “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”

Mais de 200 pessoas participaram da 7ª Conferência Municipal da Assistência Social de Ibiaçá, ontem (12/07), no Salão Nobre da prefeitura.

O presidente do Conselho Municipal da Assistência, Nilvo Cecchin, ao abrir os trabalhos enfatizou a necessidade das políticas da assistência serem aprimoradas em âmbito municipal, estadual e federal.

O Eixo 1 tratou da proteção não-contributiva e princípio da equidade como prática de gestão dos direitos socioassistenciais. O Eixo 2: A gestão democrática e controle social, o lugar da sociedade civil no SUAS; Eixo 3: Acesso à segurança socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais; Eixo 4: A legislação como instrumento de gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

Após a exposição do prefeito Claudiomiro Fracasso, vice-prefeito Angelo Golin e do presidente da Câmara de Vereadores Glodovir Piana, os projetos sociais de dança, karate e da terceira idade realizaram apresentações evidenciando o trabalho que vem sendo realizado pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras). O aluno de karate Rhonaldy Festa Geraldi, está no projeto desde que iniciou no município. “O Karate nos ensina a sermos pessoas do bem. Eu adoro participar”, disse o jovem estudante

Conforme o presidente Nilvo Cecchin, a conferência esclarece sobre o funcionamento e acesso ao Sistema Único de Assistência Social dentro dos quatro eixos.” Agora iremos formalizar o relatório final com as propostas que os delegados irão defender na 11ª Conferência Estadual”, disse Cecchin.

Os participantes forma divididos em quatro grupos e as sugestões foram importantes. Na esfera municipal a comunidade pediu uma equipe ampliada, a manutenção dos projetos, infraestrutura física adequada, legislação municipal atualizada, um Centro do Idoso e a atualização do auxílio saúde e moradia. A população também reforçou o pedido para que o Estado e a União repassem os recursos em dia.

Foram eleitas delegadas representando a sociedade civil as senhoras Vera Lucia Maito e suplente Jane Crestani, representando o governo e funcionários a psicóloga Marta Giacomini e a coordenadora Clarice Lava Cavalheiro como suplente.

XI Conferência Estadual

A conferência debaterá o enfrentamento das situações de ausência de proteção social e a cobertura dos serviços, programas, projetos, benefícios e transferência de renda nos territórios; o Pacto Federativo e a consolidação do SUAS; e o fortalecimento da participação e do controle social para a gestão democrática.


Redação: Fonte Agência de Jornalismo

Enviar por e-mail Imprimir

Fale conosco

Mande suas críticas e sujestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta

Rua do Interventor, 510 - CEP 99940-000 - (54) 3374-1177

Horário de atendimento: 8h às 12h | 13h30 às 17h30

Visualizar mapa